Câmara Municipal de Lisboa:
Pesquisar neste site: 
Estatuária e Escultura - Adamastor
 
José Aurélio (1938) 
 
Frequenta o curso de Escultura da Ex-.Esbal, começando desde cedo, a expor num contexto escolar. Em 1959, efectua uma viagem de estudo a França, Bélgica e Holanda e, participa na I Bienal de Paris. Por cá, o seu trabalho recebe um primeiro reconhecimento com a atribuição do Prémio de Escultura «Mestre Manuel Pereira» à peça «O Grito», trabalho que reflecte uma primeira identificação com a obra de Picasso. A década de 60 vem revelar um crescente interesse pela modelação do barro e pelo trabalho em cerâmica, aprofundando conhecimentos na área da faiança portuguesa popular e erudita. Participa na II Exposição de Artes Plásticas da Fundação Gulbenkian e fixa-se em Óbidos, instalando aí o seu atelier. Nesse período cria a Galeria «Ogiva». Constituindo um ponto de partida para uma intervenção pública, vertente que viria a caracterizar uma das vocações do seu trabalho.

© 2008 Câmara Municipal de Lisboa
União Europeia - FEDER
POS_Conhecimento
Câmara Municipal de Lisboa